Damage…

>

Eu tinha o melhor e agora tenho que me satisfazer com o médio.
Eu tinha o mais incrível e agora preciso aceitar o medíocre.
Eu tinha a cama mais quente e agora estou morna.
Eu tinha o ar mais puro do escape mais barulhento e agora me enquadro nos limites de uma caixa de fósforo.
Eu tinha…
Eu tinha…
O pior é sempre esperar, sempre acreditar, sempre confiar.
E agora, essa satisfação medíocre parece ser a única coisa que me restou!
Enquanto eu me sinto forte, madura, adulta, mulher pra enfrentar seja lá o que for, preciso me satisfazer com o morno.
Felizmente isso não é algo imposto. Felizmente eu posso escolher.
E escolhi… Escolhi não deixar essa apatia me consumir. Escolhi não deixar esses ‘mimos’ pesarem em minhas costas.
Carregar o próprio peso nas costas é uma tarefa que só as formigas desempenham bem (eu acho).
Fardo, essa é a palavra certa! FARDO!
Agora me parece tudo tão alvo…
Ao menos ainda tenho tempo de sanar.

Beijos danificados =*

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s