Não mais de ti…

Deixo teu olhar

Me entrego ao gélido inverno

Carrego comigo a alma que quer ir embora

Luto pelo fim

Peço anestesia

Me escondo do escuro

Clamo por ajuda, ajuda de mim

Anseio ver cor onde tudo é cinza frio

Batizo-me nas águas do sofrimento

Entrego-me à solidão

E, calmamente, me rendo ao doer

Sem que nele exista paz

Vou, querendo ficar

Não quero me libertar

E deixo o espelho refletir o irreconhecível de mim

Me transformo no mar

Recebendo afetos e desafetos

Vou e volto

Vou e volto

Sempre volto…

Glória

 
Anúncios

3 thoughts on “Não mais de ti…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s